A Leitura deste blog, tem o objetivo de levar meu humilde conhecimento da Palavra de Deus a todos que o acessarem.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Natal- Amor ou Hipocrisia?

Neste último sábado, uma senhora que assistia a uma novela, comentou que não se conformava com as comemorações natalinas. Ela falava:" Presentes, abraços, mas eles não se gostam. O ano inteiro se detestam e por que nesta época se abraçam. Filhos ignoram seus pais e pais ignoram seus filhos durante todo ano, e agora nesta data se abraçam, se dão presentes? Pessoas que se detestam e falam mal uma das outras agora se abraçam e se beijam? Como pode existir tanta hipocrisia/" Ainda acrescenta: " Eu detesto o Natal, você pode me chamar até de ignorante, mas não posso concordar com esta situação de falsidade."

Por alguns momentos, pensei naquelas amargas e azedas palavras e pensei naquele instante que ela não deixava de ter razão. Mas ao mesmo tempo tentei explicar a ela alguns pontos nos quais acredito. Natal é renascimento. É o dia em que comemoramos a vinda de nosso Salvador , o embaixador de Deus na Terra, Jesus Cristo, que veio para nos trazer a graça ou seja coisas boas que não merecemos. Nos trouxe a miserícórdia de nosso Pai e nos anunciou a vida eterna junto a Ele. Nos ensinou também o amor ao próximo como sua 1a lição.

Também nos ensinou que se Ele nos perdoa sem merecermos, como nós infinitamente pequenos perante nosso Pai não devemos seguí-lo e perdoar a todos os que fizeram algo que não gostamos. Nosso coração deve deixar toda a ira de lado e simplesmente perdoar e amar. Muitos podem não ter esse sentimento e serem realmente hipócritas, mas estes não são cristãos verdadeiros.

Amar quem a gente gosta é fácil, tranquilo e conveniente, mas a grande prova do cristão verdadeiro é perdoar e amar a quem a gente não gosta, simpatiza e convive. Portanto, o natal é hipócrita para aqueles que não têm esse sentimento de amor e perdão, mas o natal é puro e virtuoso, para aqueles que seguem o que Jesus nos ensinou ou seja o verdadeiro amor ao próximo não esquecendo de pedir perdão às nossas ofensas e perdoando a quem nos ofende. Presentes? São acessórios que nada acrescentam. Mas o amor é o maior dos maiores presentes que podemos dar e também ensinar.

Paz de Deus.

Paulo Godoy

2 comentários:

  1. Concordo com isso, Natal seria para se comemorar o nascimento de Cristo, e isso é o que menos fazemos. Amarmos uns aos outros deveria ser nosso cotidiano, mas como estamos distantes disso....somente Jesus mesmo pode nos amar incondicionalmente. O que podemos fazer é sempre lutar, cada dia um pouco mais, para alcancarmos a tao sonhada "semelhanca de Deus".
    Te amo Paulo. Deus te abencoe hj e sempre. sua Catinha

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente ao adentrar nesta página reconheço seu valor e a importância de seu autor para a nobre causa do Senhor Jesus Cristo.
    Dito isso, quero convidar você que está lendo estas minhas palavras, a prestar um pouco mais de atenção as revelações do Espírito Santo Verdadeiro em nossos dias.
    Por se tratar de um assunto de interesse universal, pediria sua amável atenção, em uma breve, mais com certeza, produtiva visita ao nosso blog, onde estão depositadas Revelações do Senhor Jesus Cristo, para as quais peço encarecidamente que nos ajude a divulgar. Pois estamos vivenciando um memento muito sensível da palavra profética. Desde já suplico as bênçãos do Pai, do Filho e do Espírito Santo Verdadeiro sobre todo aquele que atender esse nosso chamado em nome do Senhor Jesus Cristo. Clique em martins111 - João Joaquim Martins. OU http://joaorevela.blogspot.com/

    ResponderExcluir